A primeira radionovela do Ouro Negro conta a história da comunidade de Jambolane e da companhia mineira Cinturão Negro.

Quando a comunidade de Jambolane está nos preparativos do Ngoma za Uchawi, o festival anual para renovar os poderes mágicos dos seus instrumentos, recebe a visita inesperada do Eng.º Almeida, representante da companhia Cinturão Negro que informa o regulo Jambo e o Chefe Sicanso que a sua empresa pretende abrir uma mina nas terras ancestrais de Jambolane. A partir desta data, a modernidade e a tradição começam a misturar-se e nada será como dantes.

A radio novela está no ar desde julho 2015 na RM Antena Nacional, RM Emissoras provinciais, rádio Cidade de Beira e Maputo, todos rádios do ICS e muitas outras.

A novela os inTXunáveis conta a vida de um grupo de estudantes do instituto politécnico O futuro é hoje e habitantes do Lar 79, recém construído na vila de Nguva, uma vila dos pescadores algures no litoral de Moçambike. O povo de Nguva – Sereia ou Dugongo em Swahili – consideram-se descendentes dos dugongos, um mamífero marítimo raro, e sagrado para os Nguvas.

Escrito por Francília Jonaze e Bert Sonnenschein, produzido pela Íris Imaginações sob direcção do Orlando Mesquita e Abdil Juma, Nguva é inspirado nas actuais desenvolvimentos na área de gás natural. nas zonas costeiras de ‘Moçambike’.

Os inTXunáveis será transmitida a partir de Julho de 2018.

Para mais informações contacte: eabreu@mediaimpact.org

FC Má-Fé (título provisório) é o mais novo produto do Ouro Negro. Na salão da boleza Ouro Negro, os clientes discutam as vitórias e derrotas das suas vidas.

Concebida para ser transmitida nos Sábados e Domingos na Tarde Desportiva da RM, MaFé FC usa uma linguagem do desporto para tratarem os assuntos da vida e está apostado para conquistar e engajar a audiência masculina da Tarde Desportiva.

Tarde Desportiva é a bandeira da RM Desporto e vai para o ar nos Sábados e Domingos das 14:00 a 18:00 em 120 estações de rádio em simultâneo.

Assim como o nome Ouro Negro está para os habitantes do continente africano, sejam eles negros, castanhas, mulatas, amarelas, vermelhos ou brancos, FC MaFé está para Futebol Clube Masculino Feminino onde o debate de equidade do gênero está em jogo.

Escrito por Sérgio Mabombo e Bert Sonnenschein, produzido pela Íris Imaginações sob direcção do Orlando Mesquita e Abdil Juma, FC MaFé promete ser uma produção que vai dar de falar.

Para mais informações, contacte: smabombo@mediaimpact.org